Vergonha nacional

Ontem, até a TV Senado suspendeu a transmissão direta da Comissão de Constituição de Justiça da Casa. O convidado foi o jornalista americano Glenn Greenwald, que ainda não aprendeu a falar português. No plenário apenas os partidos de sempre: PT e PSOL. A presidente da comissão, a senadora Simone Tebet, não compareceu. Na plateia, além dos senadores de oposição, o senador Renan Calheiros do MDB era o único com 13 processos no STF e fez as perguntas mais absurdas sobre corrupção no Brasil. O fato é que o americano já não dá mais Ibope.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: