Não vá com muita sede ao pote

Rodrigo Maia está navegando eufórico nas ondas provocadas pela aprovação da Reforma da Previdência (com choro e desidratada) e já anunciou sua agenda como pseudo Primeiro Ministro para o segundo semestre, que por óbvio não inclui projetos de combate à corrupção. Já pensando alto e com pretensão para eleição presidencial em 2022, seria razoável ele abraçar os projetos de Moro e não mais retardar, esvaziar as propostas do ministro contra a corrupção. Por que? Moro, se não for candidato, será o maior cabo eleitoral das eleições 2022 e um iludido Maia ainda não entendeu que a se manter como defensor do establishment nefasto a que pertencia, sanguessugas do estado, ele corre um sério risco de se lambuzar e não se reeleger nem deputado federal.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: