Toffoli, Bitcoins e hackers

Avança o golpe da pirâmide com moeda virtual, bitcoin, com a promessa enganosa de ganhos de 50%. Investigações do MPF, PF e Procuradoria da Fazenda em andamento devem perder agilidade e efetividade. Mais um reflexo da decisão do ministro Dias Toffoli de frear acesso ao Coaf, Receita e BC. Será que Toffoli aceitaria como alternativa que informações financeiras a partir de agora fossem produzidas pelos hackers de Greenwald? Talvez seja essa a melhor opção para manter o ritmo das investigações. No caso de Moro/Dallagnol, o presidente do STF e a PGR ainda não se manifestaram contrariamente à ação dos hackers e seus apoiadores, que até já pediram proteção do STF.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: