Judiciário delituoso

Como havíamos noticiado aqui no blog, a semana iniciou com novas operações da Polícia Federal prendendo acusados de operação fraudulenta e milionária contra plano de saúde Unimed de Petrópolis, Rio de Janeiro. A operação, batizada Palhares, foi realizada ontem em Brasília, Uberlândia e Salvador, alcançando uma quadrilha de advogados, já detidos e acusados de fraude no montante de R$17,6 milhões. Um dos envolvidos já estava preso, e vem a ser genro da desembargadora e presidente TJ da Bahia, Maria do Socorro, também presa, envolvida em processo criminal de venda de sentenças naquele órgão do estado da Bahia. O nome dele é Márcio Duarte. O outro envolvido é Daniel Angelo de Paula, que teria ligação com o ministro Geddel Vieira Lima que está preso no presídio da Mata Escura em Salvador.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: