São Paulo organiza seu carnaval

O temporal da última segunda-feira da capital paulista, aliás também de cidades do interior, danificou carros e alegorias de várias escolas de samba paulistas. Mesmo assim, a organização do carnaval trabalha com a possibilidade de exercer uma fiscalização sem igual, com câmeras portáteis e drones em todo o percurso. Para se ter uma ideia, foram credenciado dois mil e quinhentos vendedores ambulantes sem nenhum tipo de poluição visual nos isopores que não têm nenhuma marca comercial. Não podem vender bebidas em garrafas e igualmente bebida alcoólicas a menores. Com quase mil blocos de rua, São Paulo quer fazer o maior carnaval do Brasil. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: