Capa da Época com miliciano provoca crise na Bahia

A revista Época, na sua edição desta semana, publica uma foto do miliciano Adriano da Nóbrega no necrotério. Sem nenhuma habilidade, o secretário da Segurança Pública da Bahia, Maurício Teles Barbosa, mandou deter os repórteres da Veja e mais tarde os liberou. A verdade é que este blog antecipou que a morte do miliciano virou um episódio político. A Secretaria de Segurança Pública da Bahia não soube conduzir o episódio e o PT, o PSOL e o PSDB adoram atuar em cima de cadáveres. Até hoje o assassinato da vereadora Marielle Franco serve de bandeira para luta política no Brasil, muito embora a mulher dela já esteja casada com uma outra, cantora cearense. A esquerda não se conforma com a impossibilidade de Lula voltar a poder e ela não ter nenhum nome para disputar a próxima sucessão presidencial.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: