Contra ataque vapt-vupt

Em menos de 24 horas, o governo da Bahia intensificou, ao máximo, todas as possíveis ações da área da saúde para combater a expansão da pandemia do coronavírus no estado. O governador Rui Costa tem andado à tira-colo com o secretário estadual da saúde Fábio Vilas-Boas em missões e reuniões com todos os segmentos que mantenham ligação direta ou indireta com a área da saúde pública do estado. Depois de inaugurar um moderno Centro de Comando e Controle da Saúde, suspendeu aulas pra todos os colégios públicos e particulares, suspendeu o transporte público intermunicipal para cidades com casos confirmados, “puxou a orelha” da Anvisa pra melhorar o atual serviço de fiscalização em aeroportos baianos, mandou aferir temperatura e barrar passageiros febris em estradas federais, suspendeu voos saindo ou chegando de cidades brasileiras com casos de contaminação como RJ e SP, e outros procedimentos. O caso mais emblemático das providências no combate ao vírus , é o da reabertura do Hospital Espanhol, um antigo ícone de atendimento da saúde em Salvador e que está fechado há anos. Agora, o equipamento que estava mofando vai virar um Centro de tratamento com 160 novos leitos, e que será usado como reserva ao Instituto Couto Maia, principal equipamento para o combate ao COVID 19 na Bahia. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: