Bonitas e perigosas

As lindas praias da Linha Verde, no litoral de Salvador, continuam com alta frequência de banhistas, com ou sem pandemia de coronavírus. Jauá, Jacuípe, Arembepe, Itacimirim, Praia do Forte e mais uma dezena desses paraísos de prazer permanecem franqueados, porque esquecidas pelas vigilâncias sanitárias dos municípios responsáveis por elas. Os prefeitos de Camaçari, Mata de São João e Lauro de Freitas precisam entender que a medida protetiva contra a Covid-19 valem para todos, e são muito mais importantes do que os lucros obtidos com os seus cartões postais.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: