A Europa sai na frente

Portugal, França, Inglaterra, Itália e Grécia começaram a flexibilizar o isolamento social no combate do coronavírus. O Conselho Mundial de Turismo acaba de divulgar que o setor vai ter uma queda de 80%. Para a recuperação, as maiores nações do mundo vão ter que fazer concessões, mas todos sabem que apenas Europa, Ásia e os Estados Unidos terão prioridades. Não se fala nas Américas. O que é um grave sinal para a volta da recuperação do turismo neste continente. O Brasil será duramente atingido, já que Brasília pela sua posição política, São Paulo pelo volume de negócios e Rio de Janeiro pelo glamour são os estados que terão mais chances de uma recuperação dentro de quatro ou cinco anos. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: