Na mosca

Este blog tem batido na tecla, há muito tempo, de que os três filhos do presidente Jair Bolsonaro têm sido responsáveis por muitas das crises que o governo tem enfrentado. A prisão, ontem, de Fabrício Queiroz antecipa mais uma crise que ele, Jair Bolsonaro, é corresponsável, já que permite a movimentação dos seus três filhos. Flávio, Eduardo e Carlos continuam a fazer declarações enquanto os Ministérios Público Federal e Estaduais continuam investigando com apoio das Polícias Civis do Rio e São Paulo atrás de Fabrício Queiroz. Há algum tempo, a polícia já vinha monitorando Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro, que há um ano escondia em seu sítio em Atibaia não só Fabrício como também a esposa. Ontem, ao sair bem cedinho do Alvorada, Bolsonaro não deu a sua clássica paradinha para cumprimentar os seus admiradores. Madrugou no Palácio do Planalto.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: