O Exército Brancaleone de Bolsonaro II

Esse “grupo do alvoroço” além da fé messiânica em Jair Messias Bolsonaro, dispõe de líderes no mesmo tom histriônico. O ex-ministro Weintraub é um boquirroto por excelência, que tem como sonho de consumo prender todos os juízes vagabundos do STF… e só isso já bastou pra ser defenestrado do Palácio. Carla Zambelli, a deputada-pitonisa que prenuncia ações da Polícia Federal e comparece de farda da PM de Brasília em manifestações pró Bolsonaro vive, exclusivamente, à procura dos holofotes da mídia. Logo, logo estará às voltas com a Comissão de Ética da Câmara Federal. A ministra e pastora Damares que proseia com Jesus ao pé da goiabeira, aguarda o momento certo, pós-pandêmico, para colocar em andamento seu plano de prender governadores e outros gestores públicos que não comungam com as ações governamentais. O afrodescendente presidente da Fundação Palmares, jornalista Sérgio Camargo, definitivamente não gosta de negros… e vice-versa. Mas, mesmo em conflitos permanentes com as entidades raciais que deveria apoiar, tem a simpatia do presidente caucasiano e de olhos claros Jair Bolsonaro. E a ativista-chefe das balbúrdias, Sara Winter, agora presa, mostrou-se bonitinha, mas ordinária pela beligerância das armas nos braços, da boca-suja de palavrões, e das perigosas ameaças aos membros do Supremo Tribunal Federal. Enfim, um incrível exército Brancaleone que irá dar um toque especial e cômico aos livros de História do Brasil no capítulo referente ao governo Bolsonaro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: