Ou vai ou racha

Os organizadores das manifestações pela abertura do comércio e serviços em Salvador prometem voltar à carga, cada vez mais intensamente. O alvo é o prefeito da capital baiana, ACM Neto, que não vai ter paz, segundo eles. Justificativa: Salvador é uma capital bonita em cenários, porém de população pobre, com alto número de beneficiários do Bolsa Família, e dependente, na grande maioria, de salários do comércio e outros serviços de pagamentos menores. Não dá para ficar tanto tempo sem trabalhar. Alegam que o prefeito deveria arriscar mais, pelo menos fazendo um planejamento gradual e setorizado para aberturas de shoppings e outros centros de compras e serviços. E, aos poucos, ir avançando. A verdade é que nem a população da capital está respeitando mais o isolamento total, a exemplo do que ocorreu nos últimos dois fins de semana em orlas da capital da Bahia apinhadas de gente com ou sem máscara. Aliás, o baiano-praiano sempre rivalizando com os cariocas por mar e sol, está injuriado com a abertura das praias só no Rio de Janeiro e na Bahia nada: O coro e o choro aumentam “Ó paí, ó!”, seu Neto”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: