Novo advogado de Flávio é ligado a militares

O novo advogado do senador Flávio Bolsonaro é ligado a militares, já atuou para alguns acusados por crimes durante a ditadura militar. Rodrigo Henrique Roca Pires defendeu o general reformado José Antônio Nogueira, os coronéis reformados, Rubens Paim Sampaio e Ronaldo Campos e os ex-sargentos Jurandyr Ochsendorf e Jacy Ochsendorf, todos denunciados pelo Ministério Público Federal por participação do homicídio do ex-deputado Rubens Paiva. Também atuou como advogado dos acusados de planejar o frustrado atentado do Riocentro, em maio de 1981, entre eles o coronel reformado Wilson Machado, sobrevivente da explosão acidental do carro que levava as bombas. Se disse arrependido de ter votado em Lula. Há quem afirme que ao ir ao Rio do último domingo, o presidente Jair Bolsonaro bateu o martelo. Ele também foi advogado do ex-governador Sérgio Cabral desistindo de Cabral quando queria fazer delação premiada, como fez. Este é o perfil do novo advogado do filho do presidente.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: