Uma triste herança de um advogado baiano na PGR

O procurador-geral da República, o advogado baiano Augusto Aras, é o alvo negativo de todos os setores da magistratura brasileira. Tudo isso por extinguir a Lava Jato, que foi destaque, ontem, nos maiores jornais do país como O Globo, Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e Correio Braziliense. É profundamente lamentável Aras não ter o respeito dos procuradores brasileiros e merecer críticas dos demais setores do país pela sua fidelidade ao presidente Jair Bolsonaro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: