Que tem estrela…

Com apenas 44 anos de idade e seis anos de carreira política, o novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, mineiro de criação, sempre surpreendeu aqueles que o acompanham de perto. Advogado brilhante, Pacheco fez fortuna defendendo empresas e empresários importantes de Minas Gerais. Não fosse a traição da alta cúpula nacional do DEM, provavelmente seria eleito governador de Minas Gerais em 2020 no lugar de Romeu Zema. Entretanto, o destino lhe reservou um caminho mais longo e, muito provavelmente, mais brilhante até chegar aos cargos executivos. Bem preparado e extremamente bem articulado, mais uma vez a estrela de Pacheco brilha, para o bem do Brasil e, é claro, das Minas Gerais, que volta a ocupar posição de destaque na política nacional. Não é à toa que milhões de mineiros comemoraram sua eleição.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: