Anvisa em eterna hibernação

O governador Rui Costa, que vem enfrentando um recrudescimento da Covid nessa segunda onda, diferentemente dos últimos 10 meses em que manteve um baixo índice de leitos covid ocupados na Bahia, é o maior crítico da Anvisa nessa demora excessiva na liberação de vacinas já testadas e usadas em outros países. “A Anvisa fica exigindo coisas e mais coisas. São fazedores de papel (…) Até quando o país vai ser refém dessa instituição que ainda não autorizou as vacinas da Pfizer, da Moderna, a Sputnik e a indiana (…) É inadmissível e incompreensível essa burocracia e lentidão da Anvisa”. Em tempo, até agora a Sputnik V, imunizante russo de 91,6 de eficácia está disponível em grande quantidade, e ainda aguardando ser enviada da Rússia para a Bahia.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: