Pandemia adia novas prisões da Faroeste

A Operação Faroeste da Bahia não tem saído do radar do STJ, do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. Novas prisões que estavam sendo encaminhadas, de dois desembargadores e duas desembargadoras além de juízes, estão paralisadas diante do agravamento da Covid-19.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: