Venda de carros de luxo decepcionam

O mercado de carros de luxo, geralmente o último a sofrer os efeitos de grandes crises, também não resistiu à pandemia do coronavírus e ao caos na política e na economia. No primeiro bimestre as vendas caíram 17% em relação ao mesmo período do ano passado. A BMW, líder do segmento, teve um desempenho menos sofrível com queda de 4% e o que surpreende é que o emplacamento de veículos de luxo perdeu até para os mais tradicionais, que recuou 15% nos dois primeiros meses do ano. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: