O PGR baiano sofre grave acusação

A corregedora-geral do Ministério Público Federal, Elizeta de Paiva Ramos, faz grave acusação ao PGR, o advogado baiano Augusto Aras, que adotou uma manobra para blindar amigos e perseguir adversários. Não é a primeira vez que Aras sofre críticas e acusações. Ele joga no time de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e quer destruir a Lava Jato.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: