“Todo mundo odeia Ernesto”

A mídia, desde há muito, vem divulgando as repetidas derrapadas do chanceler Ernesto Araújo pelo mundo. A ideologia bolsonarista e o culto ao capitão-presidente, acompanhado de ações e oratórias equivocadas desde o início da gestão no Ministério das Relações Exteriores, criou a convergência de fatos que colocam abaixo qualquer avião. Na mesma semana em que foi execrado por membros do Senado Federal, que exigem sua cabeça direto com o Jair Bolsonaro, fecha esse período com a rejeição integral de toda uma Frente Nacional de Prefeitos com a recorrente alegação de que sua pessoa e comando na política externa comprometem o enfrentamento da pandemia. “Política externa desastrosa… apresentando um leque de trapalhadas e atitudes destrutivas…”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: