Os pingos nos is

Em qualquer país do mundo, um policial militar em surto psicótico agressivo, fardado e pintado como combatente em guerra, portando um revólver no coldre e um fuzil na mão, não teria muita complacência das autoridades de segurança local. No caso da Bahia, bem mais grave, o soldado PM Wesley dirigindo de carro desde o sul do estado, chegou a Salvador na parte da manhã, invadindo um espaço público muito frequentado, ameaçando pedestres e ambulantes, e extremamente exaltado atirando diversas vezes para o alto, colocou por horas todo um bairro em perigo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: