Advogados que receberam milhões recorrem ao STF

Os advogados que receberam ilegalmente mais de 151 milhões de reais do Sistema S da Fecomércio do Rio recorreram ao STF e a ação vai ser julgada na próxima semana. Entre eles estão Cristiano Zanini e seu sogro Roberto Teixeira, que são defensores do ex-presidente Lula, bem como Frederick Wassef, que defende a família Bolsonaro, e Eduardo Martins, filho do presidente do STJ Humberto Martins. O processo tem como relator o ministro do STF Gilmar Mendes, amigo da patota. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: