Linda e perigosa

Era Júlia a responsável pelas finanças de Adriano. Ela inclusive esteve com ele antes dos últimos momentos, quando ele foi morto. Inicialmente eles foram para um hotel na praia e quando a polícia chegou, ele fugiu. Daí foi para a esplanada fincando na fazenda de propriedade de Sandro Abreu Guimarães, fazendeiro baiano. Foi aí que ele foi encontrado, resistiu à polícia e foi morto. Construiu uma fortuna acima de 200 milhões de reais e além dele, ela também era amiga da família Bolsonaro e está sendo caçada em todo o Brasil.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: