Rodrigo Maia: “por qué no te callas”

Abandonado politicamente, o ex-presidente da Câmara Federal fala aos ventos, mas sem qualquer eco. Diferentemente dos seus quatro anos à frente da Câmara quando prestou grandes serviços ao establishment nefasto que se nutre na cercania de Brasília. Ele esquartejou dois projetos de combate a criminalidade e corrupção, não pautou o fim da impunidade de políticos aprovada no Senado, engavetou o teto de salários do funcionalismo público por pressão do judiciário e ainda vários pedidos de impeachment de Bolsonaro. Na política não há gratidão nem lealdade, Maia foi descartado pelos seus comparsas do Centrão, turbinado agora pela filiação de um coagido Bolsonaro. Empurrado para o caminho do ocaso político por falta de utilidade, prazo vencido, Rodrigo Maia é um peso morto

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: