Evangélicos queriam cultos presenciais pelos dízimos ou ofertas

Os evangélicos tentaram de tudo para voltar aos cultos presenciais porque perderam milhões de reais com a proibição de aglomerações. Os bispos Malafaia e Edir Macedo são os mais atingidos, apesar das campanhas que fazem para que seus adeptos depositem nas inúmeras contas bancárias que eles têm e de suas respectivas igrejas. O fato é lamentável, já que contam, para isso, com total apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: