Eduardo Cunha implode o MDB do Rio e Geddel o MDB da Bahia

A saída do ex-deputado Eduardo Cunha da prisão domiciliar coloca ele no comando do MDB do Rio. Com isso, o prefeito Eduardo Paes e o deputado federal Rodrigo Maia não mais irão para o MDB e sim para o PSDB. Na Bahia, a saída de Geddel da domiciliar vai colocar ele no comando da legenda, e com isso o MDB da Bahia e o Rio de Janeiro ficam entregues a uma das duplas mais perigosas da política brasileira. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: