Cantor baiano de sucesso é vetado por Bolsonaro

Decididamente, o presidente Jair Bolsonaro não dá sorte com as classes artística, intelectual e de formadores de opinião no Brasil. O único que apoia o presidente é o cantor baiano Netinho, que, ontem, foi chamado de “débil mental” pelo autor do seu maior sucesso, “Mila”. Em 1990, Mila emplacou e a partir daí foi o maior sucesso de Netinho. O compositor e baixista baiano, Manno Góes é o autor da letra e da melodia e entrou na Justiça para proibir que Netinho participe de manifestações a favor de Bolsonaro cantando o sucesso Mila. Ocorre que Netinho foi vítima de um problema médico que o deixou com sequelas e com dificuldades de raciocinar e falar. Uma pena. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: