DEM: um partido mais ralo a cada dia

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, deixou o DEM, onde estava desde 2018, e filiou-se ao PSD, presidido por Gilberto Kassab. Mais um que deixa o Democratas mais magro para as urnas em 2022. Coincidência ou não, a presença de ACM Neto na presidência do partido, e a briga feia com Rodrigo Maia, preferindo dar apoio ao presidente Bolsonaro parece ter feito goteira no telhado da agremiação. Nas redes sociais, onde não existe censura, o internauta não deixou por menos na seção de comentários: “Depois do excelente trabalho de Rodrigo Maia para reabilitar o DEM junto à centro-direita… ACM Neto colocou tudo a perder indo lamber botas do governo GENOCIDA… agora perdeu o Rio. E vai perder mais voltando a ser aquele partido sem relevância”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: