Guedes detesta a sombra de Campos Neto

Se tem uma coisa que deixa o ministro da Economia, Paulo Guedes, incomodado é o sucesso do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Amigos de longa data, foi Guedes quem convenceu Campos Neto a se juntar ao grupo que deu apoio à eleição de Bolsonaro em 2018. Também foi Guedes que colocou Campos Neto, ex-executivo do Santander, no lugar de maior destaque da equipe econômica depois do dele próprio. Campos Neto sempre descartou qualquer possibilidade de vir a substituir o amigo e padrinho. Ainda assim, Guedes bufa quando um veículo do relevo do Financial Times faz uma reportagem tratando Campos Neto como “campeão do meio ambiente” num “governo criticado no mundo todo por não fazer o bastante para proteger a Amazônia”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: