A sorte do “GPS” será decidida esta semana

O comandante do Exército é conhecido na tropa como “GPS”. É o general Paulo Sérgio que tem até amanhã para tomar uma decisão sobre o destino do general Pazuello. O capitão Jair Bolsonaro não quer a punição do ex-ministro da saúde e, se isso não acontecer, o que se falava ontem nos quartéis é que o “GPS” deve ir para reserva e curtir sua aposentadoria no calçadão de Copacabana. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: