Repercussão mundial

As manifestações do final de semana contra o governo mereceram destaque em todo o mundo. Espanha, Alemanha, França, Suíça, Grã-Bretanha e outros noticiaram as manifestações com os adjetivos mais cruéis contra o presidente do Brasil: “Genocida”, “psicopata”, e “sociopata”. É impressionante como um coronel da polícia militar de Brasília na Secom e o ministro das Comunicações, que só tem a virtude de ser genro do apresentador Silvio Santos, não sintam que o Brasil está sendo duramente atingido na sua imagem. Os ataques da imprensa internacional contra o presidente Jair Bolsonaro mereciam um trabalho profundo e um aconselhamento a ele. Tudo indica que os generais de pijama do Exército que assessoram o presidente estão mais preocupados em manter os polpudos salários do que com a imagem do Brasil. Já se fala, inclusive, que o ministro da Defesa, o fantoche Braga Netto, pode ser substituído pelo senador Davi Alcolumbre, que chegou à presidência do Congresso Nacional. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: