Bilhões de Parente II

Conforme dados obtidos através do portal da transparência, a Petrobras investiu cerca de R$1 bilhão na compra de equipamentos e em obras na área onde seria construída a planta de amônia de Uberaba. Atendendo ao lobby dos grandes importadores de fertilizantes, o ex-presidente da Petrobras, Pedro Parente, não só paralisou a construção da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados V como vendeu seus equipamentos, avaliados na época por cerca de R$900 milhões, por menos de 10% de seu valor para investidores indianos. O processo de alienação dos equipamentos não seguiu o rito ordinário e foi conduzido pela Toyo Setal, que era a responsável pela execução do projeto.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: