Reforma Inviável II

Na linha dos acordos do G20 para estabelecer uma tributação global mínima para as multinacionais, uma proposta que deve prosperar nas próximas semanas no Congresso Nacional é de estabelecer uma tributação maior para as chamadas “Big Techs”. A ideia é que elas sejam tributadas com alíquotas similares às de cervejarias e fábricas de cigarro. Google e Facebook, as maiores do segmento, terão a difícil tarefa de investir bilhões para constituir bancada e não deixar a proposta prosperar.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: