Na mosca: Bolsonaro joga no colo de Pazuello o escândalo da vacina

Este blog revelou, há alguns dias, que o presidente Jair Bolsonaro ia jogar no colo do general Pazuello o escândalo das vacinas. Não deu outra. Pazuello só é visto em Brasília com a namorada, uma jovem de 31 anos. Um grupo forte do Exército quer que ele vá para a reserva, mas Bolsonaro garante que ele não será castigado. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: