NOVO problema

Desde sua eleição, o governador Romeu Zema (NOVO) tem passado grandes apuros com a legenda que escolheu. Indicações da cúpula nacional do partido para cargos estratégicos em Minas Gerais têm colocado Zema no spotlight e motivaram até a instalação de uma CPI, para apurar irregularidades na estatal CEMIG. Sem fundo eleitoral e sem tempo de TV, fica cada dia mais difícil entender porquê Zema ainda continua no NOVO. Se permanecer na legenda, segundo especialistas em campanhas, Zema tem tudo para comer poeira e até perder no primeiro turno para o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, que além do apoio do poderoso PSD de Gilberto Kassab já recebeu apoio de pelo menos outras doze legendas de peso. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: