Castelo de Areia

Parece que começa a desmoronar o castelo de areia que foi a incensada gestão de ACM Neto na prefeitura de Salvador (2013/2020). Ainda em 2018, no segundo mandato de Neto, matéria da Folha de São Paulo já alertava para as centenas de milhões em contratos distribuídos aos amigos do alcaide soteropolitano. Agora uma série de reportagens investigativas do site obastidor.com.br, muito bem fundamentadas, com base em informações oficiais, comprovam a quem realmente serviu os oito anos de governo de ACM Neto: à patota dos Menudos, sua “tchurminha”. Segundo levantamento de O Bastidor, só para a empresa BSM, dos coleguinhas do tempo de Marista, Lucas Cardoso e Bernardo, foram destinados meio bilhão de reais dos cofres da prefeitura de Salvador. O exponencial crescimento patrimonial da dupla nos últimos anos, aparentemente, passou despercebido pela Receita Federal, mas não pelos vizinhos de seus imóveis de luxo na Vitória, Horto e Praia do Forte. Quem está de olho agora no escândalo, que favorece as empresas dos amigos de ACM Neto com obras da prefeitura, é a bancada do PT na Assembleia Legislativa da Bahia, que deu entrada em representação no Ministério Público. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: