Aras assustado fica ao lado da justiça

O procurador-geral da República, o advogado baiano Augusto Aras, depois do episódio da última segunda-feira, afirmou que não aceitará nenhuma alegação de fraude no Brasil nas eleições. “Quem ganhar a eleição vai tomar posse sem turbulência”. Nada mais disse, nem lhe foi perguntado.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: