Devolvendo favores

O ministro Dias Toffoli está pagando sua dívida com o PT. Após ter sua carreira apadrinhada pelo partido o ministro vem demonstrando sua gratidão para com seus ex-empregadores. Cassou, mesmo sem qualquer requerimento da defesa do ex-ministro José Dirceu, a determinação do juiz Sérgio Moro de que o réu deveria utilizar tornozeleira eletrônica. Não bastasse isso, suspendeu a aplicação de todas as outras medidas cautelares, como proibição de deixar o país e de se comunicar com testemunhas e outros acusados. Tofolli alega que o réu deve ter “liberdade plena”. Como pode o ministro esquecer que Dirceu já foi condenado, inclusive por aquela Corte, por enriquecimento ilícito e outros crimes? Provavelmente não esqueceu, como também não esqueceu dos favores que Dirceu lhe prestou.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: