A bancarrota do STF

O Supremo que já se encontra desmoralizado por sua falta de postura firme e séria em meio aos escândalos da Lava-Jato, está agora à beira de chegar ao fundo do poço com a ascensão à presidência da Corte pelo ministro Dias Toffoli. Notoriamente, o ministro é dentre seus pares o menos qualificado, sendo que seu único feito jurídico foi advogar para as campanhas de Lula em 1998, 2002 e 2006. Esta atuação rendeu o cargo de Advogado Geral da União e posteriormente de ministro do STF, sem qualquer justificativa para essa carreira meteórica.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: