Chapa sob suspeita

O Vice-presidente financeiro da Confederação Nacional do Comércio, Luiz Gil Siuffo Pereira, convidado pela Lava Jato para prestar esclarecimentos ao Ministério Público sobre o repasse de R$ 180 milhões do Sesc/Senac Rio para grandes bancas de advocacia, esquema montado pelo presidente afastado da Fecomércio-RJ, Orlando Diniz, tem fortes conexões na chapa que se inscreveu pra comandar a CNC nas eleições de setembro próximo. Siuffo Pereira, presidente de honra da Fecombustíveis, é amigo do peito dos dois parlamentares – o deputado federal Laércio Oliveira, presidente da Fecomércio-SE, e o senador Adelmir Santana, presidente da Fecomércio-DF – que encabeçam chapa inscrita semana passada para as eleições da CNC. Eles só reúnem quatro federações, mas insistem em concorrer.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: