A mesada do ministro Toffoli

É da maior gravidade a denúncia que a revista Crusoé, a mais importante revista digital do país, faz esta semana contra o ministro do STF, Dias Toffoli, futuro presidente da Suprema Corte de Justiça do Brasil. Dirigida por um dos mais importantes e respeitáveis repórteres políticos do país, o jornalista Rodrigo Rangel, a Crusoé afirma que o futuro presidente do STF recebe R$100 mil por mês do escritório de sua mulher, que mantém transações suspeitas.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: