Lembrando transferências

Maluf, fez uma boa administração, conseguiu manter seus votos com Celso Pitta, e o candidato com sua história, cor e sem passado político que o comprometesse, conquistou novos eleitores. Lula, conseguiu fazer Dilma sua sucessora. Tinha feito um belo governo, estava no auge de sua liderança política e Dilma ajudou, sendo a primeira mulher candidata à presidência, com sua história e também por nunca ter tido um cargo eletivo. Mas no caso dela, Lula e seu governo foram seus principais cabo eleitorais. Alckmin, fazia um bom governo, quando conseguiu transferir sua credibilidade e votos para seu apadrinhado político João Doria, então candidato a prefeito de São Paulo. Doria também não tinha um passado político, e sua história de sucesso empresarial foi fundamental para sua vitória. Jacques Wagner também fez o milagre de eleger um quase desconhecido, Rui Costa, em primeiro turno, que chocou a Bahia, que não esperava. Rui Costa, um militante petista, ex-vereador, sem muita expressão política, mas que foi eleito na onda do sucesso das administrações petistas da época Lula.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: