Apoio cautelar

O presidente do partido NOVO e candidato derrotado à presidência da república, João Amoedo, diferentemente do esperado, não participou ativamente da campanha do mais bem sucedido candidato do partido, o governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema, no segundo turno. Vitrine do partido, a dúvida agora é que tipo de auxílio a cúpula do partido oferecerá à gestão do neófito Romeu Zema em um dos estados em pior situação do país. Não é preciso lembrar que o desempenho da gestão do NOVO em Minas definirá o futuro do partido nas próximas eleições.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: