Assédio suspenso

Dono de um temperamento imprevisível, um dos maiores desafios do atual presidente da Caixa, Pedro Guimarães, será manter-se longe de problemas. Em seu trabalho anterior, como sócio do Banco Brasil Plural, Pedro e a instituição tiveram que pagar caro para ele se livrar de um caso de assédio sexual envolvendo uma funcionária filha de um conhecido diplomata.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: