Língua de ouro

Com a iminente prisão de Raquel Moura Borges, que desviou dezenas de milhões de reais de clientes em solo norte-americano, conforme noticiado em primeira por este blog, muitos de seus clientes de longa data estão com muito receio do que ela poderia falar em uma eventual delação, no Brasil e, especialmente, nos Estados Unidos. Prima do ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta, Raquel se transformou em uma grande operadora de remessas desde quando seu tio era secretário da fazenda da cidade de São Paulo. No Delta Bank, onde trabalhou em Nova York entre 1996 e 1999, e depois nas diversas consultorias da qual era sócia, Raquel movimentou bilhões de dólares de gente muito conhecida, muitos já enrolados, mas muitos ainda ilesos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: