Sem retorno

O anúncio da cinquentenária planta da Ford em São Bernardo, berço da indústria automobilística no Brasil, é extremamente emblemático e marca o início de uma nova era em um setor que, por anos liderou a industrialização do país. Com o crescente compartilhamento de veículos através dos aplicativos de transporte e novas exigências ambientais para veículos de carga, será cada vez menos atraente produzir e comercializar veículos. No caso da Ford, os prejuízos por aqui já somavam bilhões de reais e as perspectivas de reversão eram cada vez maiores. Após o boom de novas fábricas de automóveis que marcou a década passada, a tendência é que o anúncio de redução e fechamento domine a mídia daqui para frente. No novo cenário que se desenha, dificilmente a Ford e João Doria encontrarão compradores para um negócio sem perspectivas de retorno.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: