Palanque liberado

A morte de um dos netos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de maneira precoce, comoveu o Brasil. A justiça, em decisão certa e humanitária, liberou o ex-presidente da cadeia em Curitiba para ir ao enterro de um dos seus netos. Um dos primeiros governadores a chegar no velório foi o da Bahia, Rui Costa. Outras lideranças petistas justificadamente têm chegado a São Paulo. O que se espera é que um ato triste e doloroso não se transforme em manifestação política, como desejam alguns petistas tresloucados. A presidente do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann, é uma provocadora, mas é justo dizer que existem petistas que tem sentimento e dor neste momento.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: