Sem perdão III

Após o julgamento de Bradesco e Safra na Zelotes, outro conhecido banco, o Santander, deverá ganhar as atenções da força tarefa que investiga a compra de decisões do CARF. Dificilmente, o banco espanhol continuará impune como imagina. No Santander, as investigações da Zelotes rendeu a transferência do ex-presidente do Santander no Brasil, Jesus Maria Zabalza, muito antes da hora para a Espanha, conforme noticiado por este blog à época. Jesus foi substituído por Sergio Rial, que se tornou grande especialista na gestão de crises após sua passagem pela Marfrig. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: