Obras irregulares matam dois civis na Bahia e chocam a população

As mortes de dois trabalhadores em um condomínio de luxo em Salvador ainda repercutem na capital baiana e mostram a irresponsabilidade do síndico. Além da obra na fachada, há também uma obra na cobertura que é do empresário Frank Abubakir, denunciado na Operação Lava Jato e que mediante uma delação premiada está solto. Ele ao lado do síndico Roberto Oliva são os dois responsáveis pelas mortes, segundo a Polícia Civil. As duas obras foram feitas de forma irregular, o que gerou uma declaração forte do secretário municipal de obras, Sérgio Gualber. Agora, os dois acusados devem responder a um novo processo. O síndico Roberto já foi denunciado junto com a sua empresa Internauta com problemas no CADE e Frank é alvo de investigação na Lava Jato. O caso é gravíssimo, está sendo acompanhado pela Polícia Civil, já que um dos mortos era um jovem de menor idade.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: