A Madoff brasileira, desdobramentos I

Raquel Moura Borges, Rita Ramoni e sua asset management Global Access estão sendo arguidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público da Suíça em Genebra. Já é de conhecimento das autoridades que mais clientes foram literalmente surrupiados pela dupla. Estima-se que o rombo ultrapasse a casa dos 100 milhões de dólares. Ficou constatado ainda que dupla falsificou extratos e enviou aos clientes enquanto estavam baseadas em solo norte americano, o que deve lhes rendar uma dura condenação e punições naquele país.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: